Os sintomas do climatério podem ser tão intensos e desagradáveis que influenciam na qualidade de vida da mulher. Isso pode trazer consequências para sua vida pessoal, social e profissional.

O climatério é uma das fases mais difíceis da vida da mulher no que diz respeito à saúde e bem estar. Mas, você sabe exatamente o que é isso?

Vamos dar os nomes corretos:

  • Menopausa: última menstruação da mulher. Ela determinar o fim de sua vida reprodutiva.
  • Pré-menopausa: período que antecede a menopausa no qual a fabricação dos hormônios começa a diminuir. Não tem uma idade específica para o início desse período. Pois, cada organismo é único. Todavia, a maioria começa entre 40 a 45 anos. O período pode durar anos.
  • Perimenopausa: período mais próximo da menopausa, quando os sintomas ficam mais evidentes.
  • Pós-menopausa: período após a menopausa no qual a mulher pode continuar (até intensificar) com os sintomas causados pelo fim dos hormônios femininos. Também pode durar anos.
  • Climatério: período que compreende a pré e pós menopausa.

Como saber se estou no climatério?

Além de conhecer bem seu corpo e verificar os sintomas, você deve procurar seu ginecologista e fazer os exames necessários. No meu caso, por exemplo, que fiz histerectomia total, foi por dosagem hormonal. No entanto, procurei meu médico porque os sintomas estavam bem evidentes.

5 sintomas do climatério que você não sabia por Alessandra Faria

Quais os sintomas do climatério?

Nossa, são muitos. Já falei sobre alguns deles aqui no blog e você pode conferir aqui. Pois, hoje vou falar somente sobre aqueles que eu desconhecia até senti-los no corpo. São sintomas pouco falados, mas que existem e podem influenciar na qualidade de vida e auto estima da mulher. Confiram comigo.

  1. Agravamento de voz: pouco se fala sobre o assunto. Mas, vários estudos já comprovaram que o climatério exerce alteração na voz da mulher, causando um agravamento. Em algumas, pode ser moderado em outras mais sérios. A minha voz mudou muito e não percebi que esse poderia ser o motivo. Farei um artigo só sobre isso. Por enquanto, vocês podem saber mais nesse artigo aqui.
  2. Desequilíbrio e tonturas: esse é outro sintoma pouco falado que eu sinto bastante. Principalmente, durante as ondas de calor, os famosos fogachos. Tenho a sensação que vou cair e até desmaiar. A sorte é que os sintomas são rápidos. Duram apenas alguns minutos. O problema é que acontecem várias vezes ao dia.
  3. Variações súbitas de humor: assim como ocorre na pré menarca e na TPM, as variações de humor são comuns no climatério. Momentos de extrema alegria se alternam a outros com uma tristeza que dá vontade até de chorar. Essas variações são uma ótima porta para a depressão. Por isso, é muito importante ter um acompanhamento humanizado nesse momento.
  4. Dificuldade de concentração e déficit cognitivo: sim, também temos mais essa. Tudo causado pela falta ou redução dos hormônios femininos. Esses sintomas ainda são potencializados por outros como o distúrbio do sono, insônia, ansiedade e fogachos.
  5. Ansiedade: mais um sintoma causado pela redução dos hormônios que alteram a produção de dopamina e serotonina. Ainda é agravada por outros sintomas dessa fase.

Como melhorar os sintomas do climatério?

Tenho pesquisado muito sobre isso e conversado com profissionais gabaritados no assunto. A conclusão que chego é que uma boa equipe de profissionais é muito importante. Dentre eles: seu ginecologista, um endocrinologista, nutricionista e preparador físico. Estes são os indispensáveis. Pois, a terapia de reposição hormonal, alimentação e atividade física são os pilares da boa saúde em qualquer fase. Para outras questões, podemos acrescenta: fono, psicológo. Técnicas como acupuntura, meditação e yoga ajudam no controle da ansiedade, melhora do sono e alterações de humor.

5 sintomas do climatério que você não sabia por Alessandra Faria

Ter o apoio da família é fundamental.

Me digam se vocês estão passando por essa fase e se apresentam algum desses sintomas.

Fonte: aqui.