Redobre os cuidados nas compras online durante o período da black friday. Pois, da mesma forma que é um momento quente para as vendas, é também um momento de muitas fraudes na internet.

Por isso, trouxe essa pauta excelente para vocês com 5 dicas de segurança da McAfee para suas compras online nesse período e final de ano. Afinal, o que você deseja é fazer valer seu dinheiro e não perdê-lo para oportunistas. Confira comigo:

De olho na segurança das compras online

“Indicadores da McAfee mostram que crianças e adolescentes brasileiros são os mais conectados do mundo e familiares precisam estar atentos a essa época de grandes promoções.

Hackers e golpistas em geral procuram lucrar nesta época do ano, aproveitando a correria que a data promove. Seja criando os próprios avisos de remessa, negócios e até instituições de caridade. Todos parecem legítimos à primeira vista, mas são tudo menos isso. Na verdade, essas ferramentas podem estar carregadas de malware – qualquer tipo de software para gerar danos ao computador – apontar para sites de phishing, que roubam informações pessoais ou podem simplesmente enganar o consumidor.

Black friday: redobre os cuidados nas compras online! Por Alessandra Faria
Imagem de ijeab no Freepik

Cuidados nas compras online: crianças e adolescentes são vítimas fáceis

No caso do Brasil, as atenções devem ser voltadas para os mais jovens. De acordo com estudos recentes da McAfee, o Brasil representa o maior uso de dispositivos móveis relatado entre crianças e adolescentes com uma taxa geral de 96% (veja o estudo completo). Um prato cheio para golpistas, já que, estrategicamente, as ações criminosas afetam as emoções do usuário, criando um senso de urgência ou mesmo medo. Com o fim de ano, há também uma carga extra de estresse. Falta de tempo, dinheiro ou até mesmo a pressão de encontrar aquele presente difícil de conseguir, esgotado em todos os lugares.

“Além disso, pesquisas recentes da McAfee apontaram que as crianças e jovens brasileiros são os que têm a maior taxa de utilização de dispositivos eletrônicos no mundo e, a grande maioria sequer relata problemas sofridos online (como cyberbullying). Por isso, a atenção dos pais deve ser redobrada nessa época do ano”. Afirma Paula Xavier, Head de Growth Marketing da McAfee. A empresa criou recomendações especialmente para esse período do ano.

Black friday: redobre os cuidados nas compras online! Por Alessandra Faria
Imagem de Freepik

Golpes mais comuns nas compras pela internet

1) Pedidos, rastreamentos e sites falsos

Nesta época do ano, manter o controle de todos os pedidos que estão para chegar pode ser complicado. Isso se torna prato cheio para mensagens falsas enviadas para a caixa de correio eletrônico ou WhatsApp. Sempre embalados com um anexo ou um link, o consumidor pode se deparar com vírus e outros artifícios que roubam dados pessoais. Essas mensagens podem parecer bastante legítimas, sites e endereços com grafias similares às marcas originais. A melhor maneira de combater esses tipos de golpes é ir diretamente aos sites oficiais, digitando o endereço e evitando clicar em links enviados por estranhos.

2) O negócio imperdível

No coração da Black Friday mora o apelo da escassez. Há sempre algum item que é difícil de encontrar e os criminosos criam sites falsos e ofertas em torno desses produtos para atrair os clientes. Eles podem utilizar a mesma técnica de sites similares a grandes marcas ou podem configurar um site com sua própria marca. Isso não só faz o consumidor comprar mercadorias que nunca vai receber, como vai colocar os dados pessoais nas mãos de criminosos. Se é bom demais para ser verdade, desconfie.

3) Apelando para a caridade

É comum os brasileiros apoiarem campanhas de doações, muitas vezes frente a desastres (chuvas, deslizamentos, entre outros). Os fraudadores também sabem disso e criam instituições de caridade falsas para lucrar. Algumas indicações de uma instituição de caridade inexistente: frases com mensagens de urgência – “faça alguma coisa agora”. Além de formas de contribuição por transferência eletrônica e até mesmo criptomoedas – uma vez que esses fundos são enviados, é quase impossível recuperá-los.

As cinco dicas da McAfee de como evitar golpes

  1. Faça compras em lojas conhecidas, e com boa reputação no comércio eletrônico
  2. Procure o ícone de cadeado em seu navegador ao fazer compras. O cadeado significa que o site é seguro (o “s” ao final do http indica essa segurança).
  3. Sempre utilize a autenticação de dois fatores em suas contas, dessa forma fica mais difícil que seus dados sejam roubados por terceiros.
  4. Use uma VPN (Virtual Private Network — Rede Virtual Privada) se estiver fazendo compras em Wi-Fi público.
  5. Utilize soluções que protejam sua identidade e evitam a exposição de suas informações pessoais na Dark Web (Rede escura) onde dados pessoais são comprados e vendidos.

E se for vítima de um golpe? O que fazer?

Mesmo que você tome as devidas precauções, o inesperado pode acontecer. Seja um golpe, um crime de identidade ou um roubo, existem etapas que você pode tomar imediatamente para ajudar a minimizar os danos.

1. Notifique as empresas envolvidas

2. Faça um boletim de ocorrência

3. Congele ou bloqueie o crédito

4. Monitore, sempre, até a situação ser totalmente resolvida.

Sobre a McAfee

A McAfee Corp. é líder global em proteção online para consumidores. Focadas em proteger as pessoas, não apenas dispositivos, as soluções de consumo da McAfee se adaptam às necessidades dos usuários em um mundo sempre online, capacitando-os a viver com segurança por meio de soluções integradas e intuitivas que protegem suas famílias e comunidades com a segurança certa no momento certo. Para mais informações, visite o site.”

Pauta enviada por Priscilla Poubel Assessoria

Capa: Imagem de artursafronovvvv no Freepik

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *