Olá Queridas!

Se você sofre com olheiras, provavelmente, já deve ter experimentado vários tipos e cores de corretivo. Talvez tenha obtido sucesso, talvez não.

 

Eu já deixei aqui no blog as minhas dicas sobre cores de manchas ou olheiras e quais os corretivos coloridos mais adequados.

Hoje vou explicar o porquê da escolha das cores dos corretivos.

Para isso, é necessário entender o que são as olheiras e a teoria das cores.

Olheiras sãomanchas mais ou menos lívidas que aparecem na zona palpebral inferior; podem ser devidas a uma hiperpigmentaçao da pele (de origem hereditária), ou acumulação de sangue devido a pequenos hematomas que se formam nesta zona mais fina e transparente da pele.” (fonte)

A olheira pigmentar, que é de origem hereditária, geralmente acomete as pálpebras superiores e inferiores, criando um círculo ao redor dos olhos de cor amarronzada escura. Essa olheira pode vir acompanhada de um excesso de pele ou pele mais grossa ao redor dos olhos e pode ser agravada pela privação de sono, alergia, ou outro fator, tornando-se mais escura e arroxeada. Esse tipo de olheira ainda não tem um tratamento totalmente eficaz, mas o uso de vitamina k, laser ou despigmentantes podem melhorar o problema. Consulte um dermatologista para escolhera a melhor opção para você.

A olheira não pigmentar pode ser resultante de cansaço, privação de sono, período pré-menstrual, alergia ou abatimento por doenças, entre outros fatores. Essa olheira, geralmente, é roxa ou azul arroxeada, como um hematoma. Ela pode ser aliviada com uso de compressas de camomila, géis calmantes para área dos olhos, entre outros.

As cores podem ser classificas em:

– primárias: não precisam da mistura de outras cores para sua obtenção: azul, amarelo e vermelho;

– secundárias: derivadas da mistura de duas primárias: amarelo+azul=verde, amarelo+vermelho= laranja, vermelho+azul=roxo;

– terciárias: são derivadas de duas secundárias ou de uma secundária com uma primária, com adição ou não do branco ou do preto.

As cores ainda podem ser:

– frias: azul e verde e todas as cores que tiverem mais azul em sua composição;

– quentes: vermelho e amarelo e todas as cores que tiverem mais vermelho ou amarelo em sua composição;

– complementares ou contrastantes: são aquelas que se opõem no círculo das cores, ou seja, são cores secundárias que se opõem a uma primária que não entrou em sua composição. Essas cores quando sobrepostas se anulam ou se completam. Ex.: verde anula o vermelho e vice-versa, o azul anula o laranja e o amarelo anula o roxo.

Portanto, para olheira roxa o melhor corretivo é o amarelo, para olheira roxa azulada o melhor corretivo é o laranja, e assim por diante.

Eu gosto de usar o corretivo amarelo da Mary Kay e o corretivo cremoso NW30 da MAC, pois ele tem um fundo bege rosado e quando aplicado sobre o amarelo, resulta num tom alaranjado que fica perfeito para olheiras azul arroxeadas.

O amarelo também é ótimo para manchas amarronzadas como melasmas.

Para a escolha do corretivo, o ideal é que ele não tenha a cor pura, mas seja tom de pele (bege) colorido: bege rosado, bege amarelado, bege alaranjado, como os corretivos coloridos da Graftobian.

Fotos: reprodução.