• Porto Seguro com crianças!

Cumprir as metas estabelecidas para o ano para ser mais simples do que parece.

Todo início de ano é a mesma coisa, estabelecemos metas e objetivos para essa nova fase. Porém, ao chegar em dezembro nos deparamos com fracasso em boa parte delas. Parecer difícil atingir o que desejamos, seja no âmbito material, pessoal, social e até mesmo espiritual.

Todavia, cumprir as metas, pode ser mais simples do que se imagina.

Simples, não quer dizer fácil, obviamente. Tudo é uma questão de escolher metas possíveis (como falo nesse post) e de planejamento. Claro que uma boa dose de disciplina também faz parte desse processo.

Hoje trouxe uma pauta que vai nos ajudar a cumprir as metas de 2019. Confiram:

A master Coach e consultora de RH, Lorraine de Oliveira revela dicas para chegar ao fim do ano satisfeito com as próprias conquistas. Ela explica que o hábito de se preocupar demais com o passado ou futuro pode ser um dos principais fatores para insatisfação. “As pessoas se preocupam demais com o que deixaram de fazer e o que ainda deve ser feito. Dessa forma, elas esquecem em fazer, no presente, as ações necessárias para que suas metas se cumpram”.

A especialista revela que de acordo com pesquisas, o hábito de escrever as metas e estabelecer prazos para cumpri-las é um dos principais métodos para de fato realizar o que deseja. “O ideal é criar uma agenda, uma planilha ou que achar melhor. Uma dica legal também é estabelecer prioridades. Marcar as metas mais importantes e aquelas que possuem mais chances de serem realizadas em determinado período. Tudo isso irá contribuir para obter satisfação e ver boa parte dos desejos concluídos no fim do ano”, acrescentou.

Como alcançar as metas?

Ela garante que com esse hábito é possível criar um caminho neurológico que permite ao indivíduo obter mais confiança e vontade na hora de realizar seus objetivos. “Outra dica importante, resume-se em estabelecer metas que realmente são possíveis de cumprir. Por exemplo, se sua meta é viajar por diversos lugares, mas, ao mesmo tempo, se sua condição financeira ainda não permite, o ideal é traçar objetivos e soluções para se estabelecer financeiramente primeiro. Caso contrário, talvez o individuo não consiga nenhuma das duas coisas e, dessa maneira, acaba se frustrando”, destacou a consultora.

FonteLorraine de Oliveira, master coach e consultora de RH. Responsável pelo projeto Gente Empreendedora, em Belo Horizonte (@genteempreendedora).”

No início de 2018 fiz o post Metas Possíveis onde dei várias dicas de como estabelecer essas metas. Sempre trago para vocês artigos e assuntos que eu mesma testo ou preciso no meu dia a dia. Portanto, segui à risca o que eu sugeri. Fiz uma planilha, estabeleci metas possíveis e tracei uma planejamento. Fechei o ano com todas minhas metas alcançadas, exceto a perda de peso. Isso, porque no fundo, essa não era uma prioridade e acabei me afastando desse objetivo. Porém, para fechar o ano totalmente feliz e com a auto estima lá em cima, inciei uma dieta em pleno dezembro e já comecei a eliminar meus quilos em excesso.

Parte do artigo enviado por Letra Comunicação e Marketing.

Fotos: Reprodução.