• Power dressing!

Manter a dieta saudável em viagens é uma das grandes dificuldades, principalmente para viagens internacionais.

Viajar é um das experiências que mais agrega valor, conhecimento e crescimento ao ser humano. Conhecer novos lugares, nova cultura eleva não só a cultura, mas o crescimento espiritual.
Por falar em espírito, uma das características que mais marcam e representam a cultura de um povo é sua gastronomia. A gastronomia traz a cultura e a tradição com sabores e produtos locais que nos permite novas experiências e grandes descobertas.

Contudo, é nessa hora que a gente pode entrar em pânico, quando se quer manter a dieta saudável durante a viagem.

Pensando nisso, separei algumas dicas coletadas pela internet para nos ajudar a conhecer a gastronomia local, sem sair da linha.
  • Reconhecimento: o primeiro passo para se manter a dieta saudável em viagens é fazer uma pesquisa de como é a gastronomia do lugar, onde tem os melhores e/ou mais baratos lugares para se comer;
  • Café da manhã reforçado: (Nunca abro mão de um bom café da manhã de hotel.) Fazer um bom café da manhã evita que seja necessário mais uma refeição (na rua) até o almoço. Opte por frutas, sucos naturais, pães integrais e proteínas. Fique bem alimentado para que não chegue ao almoço com muita forma.
  • Não pule refeições: Durante algumas viagens culturais e religiosas, por exemplo, é possível fazer passeios demorados e longas caminhadas, atrapalhando o horário de almoço. Não pule refeições e tente manter a rotina de horário.
  • Leve lanche na bolsa: Entre o almoço e o jantar, nem sempre dá tempo ou sobra dinheiro para um lanche da tarde. Carregue lanches leves na bolsa como barrinhas de cereais ou castanhas (de preferência), frutas, sanduíches de leves e de costume. Existem no mercado, bolsas térmicas próprias para esse tipo de “viagem”;
  • Divida grandes porções: Outra tática que uso muito quando viajo com minha filha. Ao entrar nos estabelecimentos sempre pergunto como é o tamanho das porções. Na maioria das vezes, dividimos os pratos.
  • Hidrata-se: A garrafinha d´água é indispensável em qualquer viagem, seja montanha ou praia. Geralmente nos divertimos ou exercitamos mais que de costume e ainda tem as diferenças climáticas. A hidratação também ajuda a evitar a fome excessiva.
  • Peça o jantar: evite comer guloseimas entre as refeições e as de frigobar. Saia para jantar ou peça seu prato no quarto. Opte por pratos leves como sopas, caldos, omelete e saladas (sempre peço).

Para manter a dieta saudável em viagens evite:

  •  beliscar guloseimas de ambulantes locais;
  • uso excessivo do álcool;
  • exageros, principalmente os promovidos pelos sistemas all inclusive. Só porque o consumo é livre você é obrigado a comer e beber tudo que aparece à frente;
  • ficar parado: use transporte público, faça trajetos de pequenas e médias distâncias a pé. Essa é uma forma de se conhecer a cidade, seu lifeestyle e sua arquitetura também.
Espero que tenham gostado do artigo e se tiverem dicas sobre o tema para acrescentar, deixem nos comentários.
Fotos: reprodução.