• Cabelo Molhado, sim.

As unhas, assim como a pele sofrem durante a estação mais seca do ano.

Ressecadas pelo clima seco de inverno, as unhas podem se tornar quebradiças ou se separar em lâminas. Importante anexo cutâneo, as unhas são parte muito importante do corpo e muitas vezes neglicenciadas.

As unhas são lâminas epidérmicas, queratinizadas, presentes na extremidade dos dedos. Elas são responsáveis pela capacidade de pressão dos dedos e precisão de toque. (fonte)

as_unhas

As unhas tem destaque especial na imagem pessoal.

Ter unhas cortadas, limpas e lixadas conota higiene pessoal e capacidade de cuidar de si próprio. A indústria de cosméticos, atenta ao valor que, principalmente as mulheres dão às unhas, estão sempre lançados novos produtos, principalmente cores e texturas de esmaltes.

A nail art é uma febre na internet.

as_unhas

Todavia, os cuidados com as unhas nem sempre tem a atenção necessária. Na época de inverno, as unhas podem ficar mais fragilizadas devido ao ressecamento. Para evitar a quebra ou separação em lascas, é preciso tomar alguns cuidados.

  • O primeiro de todos é a higiene. As unhas são a parte mais contaminada do corpo. Local onde se concentra o maior número de fungos e bactérias. É preciso higienizá-las com frequência durante o dia, principalmente após ir ao banheiro e antes de preparar ou comer as refeições. Use sabonete próprio para as mãos e lave as unhas com escova própria ou esfregando-as na palma das mãos.
  • As unhas devem estar sempre cortadas, com uma frequência semanal para se manterem fortes.
  • Para manter seu brilho natural e remover células mortas, elas devem ser esfoliadas com produtos próprios ou esfoliante caseiro a base de açucar e mel.
  • As unhas devem ser hidratadas diariamente. Use um hidratante para mãos ou óleos específicos para o corpo. Hidrate as unhas e as cutículas. Eu uso pomadas a base de lanolina 100%.
  • Use base fortalecedora para evitar a quebra.
  • Evite ficar com esmalte velho nas unhas. O ideal é fazer toda semana e deixá-las sem esmalte pelo menos um dia, no qual você poderá fazer um detox. Retire o esmalte, corte, lixe e dê polimento na superfície. Em seguida promova a esfolicação e hidrate mãos, unhas e cutílulas.
  • Evite o uso de removedores a base de acetona, pois ressecam mais as unhas.

Curiosidade sobre as unhas:

  • A unha cresce normalmente a uma taxa média de 0,1 mm por dia. Sendo assim, levaria de 4 a 5 meses para que a unha se regenerasse por completo após sua remoção. (fonte)
  • No inverno a unha cresce mais devagar.
  • Quanto mais longa suas unhas, maior quantidade de fungos e bactérias ela abrigará.
  • Unhas postiças abrigam mais bactérias e fundos do que a unha natural.
  • A aparência de suas unhas pode indicar vários tipos de doenças.
  • Unhas saudáveis contem, me média, 18% de água.
  • Roer as unhas pode causar doenças, pois você irá ingerir sua população de bactérias.
  • A cutícula é a proteção das unhas, por isso não devem ser retiradas. (Eu sei, a gente tira. Mas, está errado).
  • Alimentação adequada é fundamental para saúde das unhas.

Fotos: reprodução.