• Power dressing!

Ombreiras foram elementos muito comuns na moda dos anos 80.

Quando falo em ombreiras lembro logo dos looks exageradamente engraçados do Didi nos Trapalhões daquela época. Lembro também de Grace, um ícone revolucionário na arte, comportamento e moda.

Nos anos 80 as shoulder pads eram indispensáveis em quase todas peças de roupas: blazers, camisas, casacos, vestidos. Lembro-me de minha mãe comprando o item em lojas de aviamentos. Eu era responsável por pregá-las à mão, nas roupas para ela, dando o acabamento. Até foi lançado um sutiã que já vinha com ombreiras. Acho que ainda existem modelos assim.

Naquela época eu tinha pavor de ombreiras. Mesmo porque as ombreiras dos os 80 eram muito acentuadas. Meu tipo físico triangular invertido já apresenta os ombros largos e destacados, portanto esse elemento não me valorizava muito. Para falar a verdade, ficava muito parecida com jogador de futebol americano. hehehe

Enfim, as shoulder pads retornaram repaginadas. Na moda atual elas são mais delicadas, dando apenas um “empinada” nos ombros. Trazendo muito elegância e um ar power dressing à silhueta feminina. Pois é mais um item do guarda roupa masculino incorporado por nós.

ombreiras

Como usar ombreiras – shoulder pads

As soulder pads são perfeitas para quem tem quadris largos, ombros caídos ou tronco curto. Vale lembrar que elas também trazem o efeito de diminuir o pescoço, portanto, se tem ele curto, evite.

As shoulder pads vem em casacos, blazers, jaquetas (inclusive jeans e couro) e camisas estruturadas na nova alfaiataria, sucesso no próximo inverno. Vale a pena investir em peças que tenham o elemento removível, assim quando você se cansar, pode tirá-las da roupa.

ombreiras

Outro detalhe sobre o tema é que alguns shapes estão vindo com ombros ou golas bem estruturados simulando uma ombreira mais evidente.

ombreiras

ombreiras

E aí, meninas, sim ou não para ombreiras.

Deixe sua opinião nos comentários.

Fotos: reprodução.

P.s. se vocês não sabem quem é Grace Jones, espia só esse vídeo.