• Confira!

Olá Queridas e Queridos!

Toda noiva deseja estar perfeitamente linda no dia de seu casamento. Para isso lança mão de vários tratamentos e procedimentos estéticos que vão de uma simples depilação a tratamentos mais complexos como peelings.

Mas, alguns tratamentos e procedimentos estéticos não devem ser feitos logo antes do casamento, pois podem dar resultado reverso. Ou seja, podem causar alguns efeitos colaterais que necessitam de prazo para mostrar os efeitos estéticos desejados. Como é o caso do microagulhamento e do peeling que faz a pele escamar em grande quantidade e necessita de pelo menos 15 dias para a pele voltar ao normal.

procedimentos_estéticos_que_noiva_não_deve_fazer_antes_do_casamento_por_alessandrafaria

Segundo  o dermatologista Gilvan Alves, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, alguns  tratamentos estéticos devem ser feitos com até  um ano de antecedência. “Temos algumas toxinas que podem durar até seis meses, como o botox. Para evitar qualquer resultado surpresa é importante que o procedimento seja feito bem antes da data prevista do casório”, explica Gilvan, do Grupo Aepit.

A primeira vista, iniciar os tratamentos tantos meses antes do casamento pode parecer exagero, mas é altamente recomendado para que a pele apresente melhores resultados. Após a consulta dermatológica o médico é capaz de diagnosticar os tratamentos indicados para cada paciente. “Os cremes de uso diário, por exemplo, apresentam resultado apenas de três a seis meses após o início do uso”, reforça.

procedimentos_estéticos_que_noiva_não_deve_fazer_antes_do_casamento_por_alessandrafaria3

Outro detalhe importante é que cada organismo tem uma reação diferente e se, houver algum resultado não desejado, há o tempo suficiente para resolver o problema. De acordo com Gilvan, o tempo de recuperação é fundamental e pode evitar transtornos. “Não se deve iniciar nada agressivo na pele da noiva quando faltar poucos dias para o casamento. Ainda mais arriscar em procedimentos que ela nunca fez, pode ser que ela não goste e o resultado não seja reversível a tempo”.

Vale lembrar que até mesmo depilação a laser, alongamento de cílios, mudança no corte ou na cor do cabelo, assim como o uso outro típico de química forte devem ser evitados meses antes do casamento.

O que é mais recomendado para ser feito antes do casamento são os procedimentos menos invasivos como a drenagem linfática, a massagem relaxante para corpo ou rosto, hidratação capilar, o teste de maquiagem e cabelo (devem acontecer com uma antecedência mínima de 15 dasi), pé e mão (de preferência 3 a 2 dias antes do casamento).

Fotos: reprodução.