Alessandra Faria Estilo e Maquiagem

Blog de BH, sobre moda e beleza, maquiagem e life style.

Archives

25
maio
2017

Como usar mantô inverno 2017!


Olá Queridas e Queridos!

O mantô é uma peça super confortável, versátil e prática para usarmos no nosso inverno tropical.

Hoje eu trouxe algumas inspirações para vocês perceberem como é fácil usar o mantô. Primeiro vamos falar um pouco sobre a peça. O termo mantô tanto serve para designar um corte retangular de tecido como lã ou lãzinha quanto para os maxi casacos que foram sucesso nos anos 70/80.

mantô_street_style_inverno_por_alessandra_faria

Para o post de hoje trouxe as duas opções para vocês, mas a ênfase é o mantô de lã retangular que pode arrematar qualquer look, dos mais clássicos e alinhados aos mais esportivos e despojados.

A ideia de se jogar peças retas de tecidos sobre o corpo vem desde a Grécia Antiga e se confunde com a própria história da indumentária.

O poncho e os mantôs que conhecemos hoje são inspirados nos típicos usados em países latinos das Américas, como Chile, Colômbia e México. No inverno de 2014 a Burberry e Prabal Gurung trouxeram a peça ao cenário de moda. Logo esta foi absorvida pelas fashionistas e moda de rua.

mantô_street_style_inverno_por_alessandra_faria3

Os mantôs podem ser jogados por cima de qualquer produção. Desde looks sequinhos de jeans e tricô fino, até por cima de casacos e looks de festa. As únicas coisas que devem ser levadas em consideração é o seu volume e caimento. É preciso observar a proporção do volume corporal ao usar a peça para que você não fique muito grande. O caimento do tecido é muito importante. Pois ambos tipos de mantôs podem ser encontrados em lã mais pesada a lãzinha. Eu prefiro os mais leves e de melhor caimento, pois tenho ombros largos e uma peça muito estruturada me agrega bastante volume.

mantô_street_style_inverno_por_alessandra_faria6

mantô_street_style_inverno_por_alessandra_faria4

Já o maxi casaco chamado mantô teve sua inspiração nos casacos dos oficiais de guerra dos anos 40. São peças oversized que estão super em alta. Uma macrotendência que vem desde o inverno passado. Independente de tendências, um maxi casaco é um clássico da moda e sempre tem o seu lugar em qualquer inverno ou local do mundo.

mantô_street_style_inverno_por_alessandra_faria2

mantô_street_style_inverno_por_alessandra_faria7

mantô_street_style_inverno_por_alessandra_faria5

Fotos: reprodução.

23
maio
2017

Como combinar cores no visual!

como_combinar_as_cores_na_imagem_visual

Olá Queridas e Queridos!

Como combinar cores no visual é uma das grandes dificuldades das mulheres quando se fala em imagem visual.

A maioria das pessoas tem medo de combinar cores de forma mais ousada. Por isso hoje trago para vocês algumas dicas de mistura de cores de forma a passar a mensagem visual que se deseja.

as cores erde-e-amarelo

As cores tem forte poder de comunicação e são muito exploradas na mídia tanto impressa, convencional ou virtual. Elas são capazes de transmitir sensações, sentimentos, noções de temperatura e profundidade. Na imagem pessoal, as cores além de passar uma mensagem para o observador, são capazes de alterar o humor de quem as usa e de quem as vê. Além disso, elas interagem com sua coloração de pele sendo capazes de valorizar ou apagar sua imagem. Por isso, é tão importante descobrir qual sua paleta de cores pessoais.

Primeiro, vamos entender um pouco sobre as cores.

As cores se dividem em:

Cores primárias: aquelas que não precisam de outras cores para sua obtenção. Também chamadas de cores da natureza. Azul, vermelho e amarelo.

Cores secundárias: aquelas formadas por duas cores primárias – roxo=azul+vermelho, verde=amarelo+azul, laranja=amarelo+vermelho.

Cores terciárias: aquelas formadas por uma cor primária com uma secundária.

Branco: mistura de todas as cores.

Preto: ausência de cor.

como_combinar_as_cores_na_imagem_visual_circulo_cromatico

Ainda podemos classificá-las em:

Cores neutras: que não passam nenhuma sensação de temperatura: preto, bege, cinza.

Cores quentes: vermelho e amarelo e todas aquelas que apresentam maior quantidade de amarelo ou vermelho em sua formulação.

Cores frias: azul e todas aquelas que apresentam maior quantidade de azul em sua formulação.

Cores complementares ou contrastantes: aquelas que se opõem no círculo cromático.

Cores análogas: aquelas que estão ao lado uma da outro no círculo cromático.

Cores de leve contraste (essa classificação para efeitos de imagem pessoal): aquelas que estão algumas casas ao lado no círculo formando o retângulo, triângulo ou quadrado, como abaixo.

como_combinar_as_cores_na_imagem_visual_3

Como vocês puderam ver acima, é possível combinar cores de muitas formas diferentes, saindo da óbvia combinação de cores análogas, contrastes clássicos como preto e branco, preto e vermelho e a combinação com cores neutras. Cada uma dessas combinações possíveis passa uma mensagem em sua imagem pessoal.

como_combinar_as_cores_na_imagem_visual_2

Primeiro vamos analisar o contraste total, a combinação mais forte de todas. Qualquer combinação de contraste total passa a imagem de dramaticidade, de força, de poder, ousadia, auto confiança e auto estima positiva. É uma ótima combinação quando você precisa chamar atenção para si e demonstrar força como a apresentação de um novo projeto de trabalho, de novas regras ou novas diretrizes no ambiente corporativo. Também é uma boa combinação quando for apresentar uma palestra cuja tema não seja tão instigante.

O preto e branco é a mais poderosa combinação contrastante de todas. Mas, como estamos saindo do óbvio, explore o preto com outras cores como vermelho ou amarelo, ou ouse ainda mais com azul e laranja ou amarelo e roxo. Para looks de contraste total em ambiente de trabalho, opte por acessórios neutros. Se for para ambientes festivos ou informais brinque com estampa nos acessórios ou brilhos. Para saber se sua escolha foi adequada, olhe-se atentamente no espelho. Sua imagem deve ter um resultado harmonioso e homogêneo onde sua pessoa deve ser o destaque, não sua roupa ou seus acessórios ou maquiagem. Todos os elementos devem “conversar” entre si.

como_combinar_as_cores_na_imagem_visual_contraste2

Como o assunto é extenso, vou continuar no próximo post. Enquanto isso, vasculhe seu armário e faça combinações contrastantes. Analise os resultados e veja se gosta.

Fotos e imagens: reprodução.