• Leia mais

Olá Queridas e Queridos!

O intestino preguiçoso é determinante no resultado positivo de sua dieta de emagrecimento e principalmente da barriga sequinha.

intestino_preguicoso_inchaco_abdominal_atrapatalha_a_dieta_de_emagrecimento

Vem chegando o verão… Já chegou, na verdade. E todas querem exibir sua barriga chapada sob o sol da Toscana… ou de Trancoso, de Floripa, de Fernando de Noronha. hehehehe

Tarefa nem sempre fácil, pois podemos malhar, até emagrecer, definir o abdome e ele ainda pode se apresentar inchado. Eu sou dessas. Minha barriga sempre foi proeminente. Também sofro de uma forte retenção de líquidos, a qual já falei aqui para vocês. O que eu não sabia é que o meu intestino preguiçoso é o grande causador disso tudo. Já fiz de tudo para resolver o problema, mas não é fácil. Envolve várias questões como hábitos alimentares, disciplina, exercícios físicos e o emocional. Ah, esse último é determinante para o bom funcionamento do meu. Por isso, hoje trouxe essa pauta super interessante para vocês que me foi enviada pela Objetiva Comunicação e Imprensa.

“A Nutricionista Gabriella Alves explica como evitar o inchaço abdominal causado pelo intestino desregulado. Segundo a profissional, uma alimentação balanceada pode reduzir o volume do abodme.

É certo que o aumento de volume da região abdominal pode ser causado por diversos fatores e ter o intestino preguiçoso é considerado um deles. Quando o sistema digestório não funciona corretamente, a região do abdome sofre com o acúmulo de alimentos que deveriam ser descartados.

Segundo a nutricionista Gabriella Alves, da Corpometria, dúvidas e queixas sobre o inchaço abdominal são comuns no consultório. “Quando pergunto aos pacientes como é o funcionamento intestinal a maioria responde: ‘normal’. Mas o que é normal pra você? O intestino funcionar três vezes por semana? Garanto que isso não é normal”, considera a nutricionista.

Além de gerar volume no abdome, o acúmulo de fezes pode alterar o humor da pessoa, já que cerca de 80% da serotonina, hormônio que regula a sensação de bem estar do organismo, tem origem no intestino. Constipação, ou intestino preso, é multifatorial e pode ter diferentes causas, mas sendo ela alimentar ou não, mudanças na rotina alimentar refletem diretamente na solução do problema.

“Aquele excesso abdominal que o paciente acha que é apenas gordura pode não ser, ou pelo menos, não somente. Ter alimentação balanceada e intestino regulado podem ser a grande chave para obter a barriga negativa”, aponta a nutricionista. Confira as orientações da profissional para normalizar o funcionamento do sistema digestivo.

1) Beba muita água

Água é fundamental para o normal funcionamento do organismo como um todo. Quando mal hidratados, ao final da digestão o corpo reabsorve o máximo possível da água do bolo fecal para suas atividades. Ou seja: ressecamento fecal e, consequentemente, intestino preso.

2) Consuma fibras

As fibras auxiliam no funcionamento intestinal pois elas não são digeridas e, por isso, formam volume para o bolo fecal e estimulam o esvaziamento intestinal. Além disso, fibras retardam a digestão e, por isso, dão saciedade, auxiliando a manter a dieta e não sentir fome. Por isso, acrescente-as em todas as suas refeições. Exemplos: Chia, Linhaça, Gergelim e Quinoa. Mas não se esqueça da água, pois muita fibra com pouca água: ressecamento do bolo fecal e, consequentemente, intestino preso.

3) Alimentos laxantes

Consuma diariamente alimentos naturalmente laxantes. Exemplos: mamão, ameixa (fresca ou seca), laranja (com bagaço) e abacate. Estas frutas ajudam a melhorar a frequência de evacuação e assim, evitam o acúmulo fecal.

4) Durma bem

O sono e o intestino afetam diretamente um ao outro.

5) Azeite de Oliva morno

Consuma uma colher de sobremesa de azeite de oliva extra virgem morno em jejum diariamente. Atenção: morno, não quente. O azeite é um laxante natural e funciona como um lubrificante intestinal, auxiliando no esvaziamento do intestino e eliminação das fezes.

6) Glutamina

Consuma glutamina diariamente. Esse aminoácido age diretamente no intestino auxiliando a regular o funcionamento intestinal e evitando a constipação. Lembre-se de procurar um nutricionista para a prescrição direcionada e personalizada desse suplemento na sua dieta.”

intestino_preguicoso_atrapatalha_a_dieta_de_emagrecimento

Acrescento a importância da rotina para o bom funcionamento do intestino. O ideal é ter um horário fixo para ir ao banheiro.

Essas dicas são bem interessantes e relativamente fáceis de fazer. Todavia, se seu problema for crônico ou se você sofre de outras patologias que interferem no bom funcionamento do intestino, deve procurar profissionais da saúde para lhe orientar da melhor forma possível.

Fotos: reprodução.