• Confira!

Olá queridas e queridos!

Hoje vou falar um pouco sobre cirurgia plástica e quais os procedimentos do bisturi que estão em alta, pois a busca pela beleza também segue moda!

cirurgia_plástica_do_momento_por_alessandra_faria 2

É verdade. A moda da cirurgia plástica segue as tendências do momento que estão em alta no mundo da beleza, da estética, das celebridades. É meio bizarro, mas é isso mesmo. E hoje, com ajuda de várias pautas sobre o assunto que chegaram à minha caixa de email, vou falar um pouco sobre alguns procedimentos da moda.

cirurgia_plástica_do_momento_por_alessandra_faria

Existem algumas cirurgias plásticas da moda que são bem estranhas como a cirurgia para afinar o rosto chamada de bichectomia. O procedimento, que é a retirada de um acúmulo de gordura de dentro das bochechas, é largamente realizado por celebridades estrangeiras, atrizes de Hollywood como Angelina Jolie e Megan Fox, e recentemente chegou ao Brasil e, claro, como o país é um dos líderes das cirurgias plásticas, já virou febre.

O cirurgião-plástico brasiliense Sérgio Morum explica o procedimento. “Literalmente, é realizado um corte de um centímetro, na região interna das bochechas, para retirada da Bola de Bichat, que é uma estrutura gordurosa presente entre dois músculos responsáveis pela mastigação. Como consequência, o rosto fica com um visual mais fino.”

Afinar o rosto me parece algo bem estranho, pois à medida que envelhecemos perdemos gordura facial, o rosto afina naturalmente e a pele, que perde colágeno, cai alterando consideravelmente nossos traços e até formato de rosto. Mas, se é isso que as mulheres querem…

A cirurgia íntima que já é sucesso na Europa, Austrália e EUA há algum tempo cresceu tanto nos últimos anos no Brasil que lhe rendeu o título de número um nesse tipo de procedimento.

As cirurgias da região íntima feminina são rápidas, pouco dolorosas e com repouso pós operatório mínimo (no máximo 7 dias). “Além disso, essas cirurgias podem ser associadas com outras cirurgias estéticas como lipoaspiração, abdominoplastia, mamoplastia e lifting facial”, comenta a Doutora Heloise Dall’Ago, cirurgiã plástica e esposa de Manfrim.

Segundo a clínica Dall’Ago & Manfrim Cirurgia Plástica, as cirurgias mais procuradas são a lipoaspiração do monte púbico (redução de gordura na região púbica), ninfoplastia (redução dos pequenos lábios) e o monalisa touch (rejuvenescimento interno da vagina). “Cirurgias como a ninfoplastia são indicadas para mulheres que possuem pequenos lábios redundantes ou tem formato desagradável e a lipoaspiração da região púbica pra quando há incomodo em vestir calças justas”, explica a Doutora Heloise Dall’Ago.

Vale ressaltar que deixar o púbis desprovido de gordura pode causar desconforto na hora da relação sexual, pois essa “almofada” serve de amortecedor durante o ato. Mas, tem mulheres que se sentem bem incomodadas com o excesso a ponto de atrapalhar sua auto estima e segurança ao vestir calças justas, biquinis ou na hora de ficar nua na frente do parceiro.

cirurgia_plástica_do_momento_por_alessandra_faria1

No país do carnaval não poderia faltar a cirurgia de aumento de glúteo, pois um bumbum avantajado e redondinho é desejo de 9 entre 10 brasileiras.

A gluteoplastia é uma cirurgia relativamente nova e a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) estima que desde 2008 até os dias atuais, houve um aumento de 20% na realização do procedimento.

De acordo com o cirurgião plástico Ricardo Souza Lima, essa cirurgia é indicada para pessoas que querem mudar a aparência do bumbum, não só aumentando o volume, mas também melhorando o contorno da região glútea. Mas, ele garante que a indicação para o procedimento cirúrgico tem que ser muito precisa, pois, existem riscos de complicações. “O procedimento pode ser realizado de duas formas. A primeira é através de prótese glútea formada por silicone e a segunda por enxerto de gordura, no qual, a gordura extraída de uma lipoaspiração é utilizada. O enxerto de gordura é superior e com resultados grandiosos em relação à prótese glútea e podemos dizer que as chances de complicações são menores”.

Além disso, não basta apenas querer fazer o procedimento cirúrgico, segundo o médico é preciso ter planejamento e sempre procurar um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e que tenha expertise na técnica que será realizada. “Fazer uma cirurgia plástica com um profissional membro da Sociedade Brasileira garante mais qualidade, excelência e segurança do procedimento”, afirmou Ricardo.

Outras cirurgias plásticas já são um clássico entre as mulheres como a mamoplastia – de aumento ou redução das mamas, abdominoplastia (já falei sobre a minha aqui), a blefaroplastia – retirada de excesso de pele nas pálpebras e a rinoplastia – correção do nariz.

Vou confessar para vocês, eu já passei por cirurgia plástica por duas vezes. Na primeira fiz lipoaspiração na barriga e redução de mamas. Na segunda, um ano após o parto do meu segundo filho, tive que fazer correção da diastase com suturas dos músculos retos abdominais. Aproveitei e fiz uma lipoescultura com gluteoplastia. Usei a gordura do próprio corpo e fizemos um remodelei do bumbum, ficou um sucesso!

E vocês, já fizeram algumas dessas cirurgias plásticas, deixem aqui nos comentários suas experiências. Isso enriquece nossa discussão e ajuda outras mulheres que tem interesse em fazer e estão com dúvidas sobre o assunto.

Nesse post tem fragmentos de pautas enviadas por:

Grupo Objetiva

MGA Press Comunicação

Letra comunicação e marketing

Fotos: reprodução.