• Cabelo Molhado, sim.

Olá Queridas!

Mais uma pauta diferente do ponto central do blog, porém que está muito ligada ao consumo de moda e beleza, principalmente pelas mulheres.

consumo_mulheres_se_endividam_mais_que_homens

Recebi uma pauta outra dia sobre o resultado de uma pesquisa realizada pelo “Núcleo de Estudos e Tendências da Atento, líder mundial em gestão de clientes e terceirização de processos de negócios (CRM/BPO).  Ao todo, 1.459 pessoas foram entrevistadas em todo país, entre março e abril, sendo 55% mulheres e 45% homens. A inadimplência por gênero foi maior: 51% do sexo feminino disseram ter alguma dívida em atraso contra 44% do sexo masculino, sendo que as mulheres mais endividadas são das classes E, D e C, nesta ordem.” (parte de pauta enviada por A4&Holofote Comunicação)

A pauta me chamou a atenção, pois sou uma consumista compulsiva (em tratamento e vigília eternos – hehehehe) e estou sempre atenta a estes assuntos (no blog tem vários artigos nessa área, clique aqui e aqui para ver alguns).

Resolvi pesquisar um pouco mais sobre o assunto na internet e vi vários artigos discrepantes, todos do mesmo período – março e abril desse ano. Alguns afirmam que mulheres se endividam mais, outros que homens se endividam mais.

Me concentrei nos artigos que falam sobre o endividamento feminino. Segundo pesquisas, as mulheres de classe E, D, C, nessa ordem são as mais endividadas. O maior vilão para as mulheres é o cartão de crédito, meio pelo qual elas mais gastam. Seu endividamento provém de gastos pequenos e corriqueiros: alimentos, contas mensais do lar, gastos com as crianças, itens de primeira necessidade, roupas e sapatos e, por último gastos com roupas e sapatos para si mesmas.

Isso me deixou bastante intrigada. Mulheres ganham menos e se endividam mais, gastando com pequenas despesas da casa e dos filhos. Por que?

Pelo pouco que pesquisei, o endividamento das mulheres vai muito além de apenas um comportamento consumista. A mulher tende a se preocupar mais com a casa, família e filhos do que com ela mesma e seu futuro, por isso não mede esforços para atender à demanda presente sem pensar nas consequências que virão logo à frente.

consumo_mulheres_se_endividam_mais_que_homens 3

Parece existirem aqui 3 fatores importantes sobre o endividamento das mulheres:

o comportamento consumista. Não podemos simplesmente ignorá-lo. Mulheres são mais consumistas sim e compram muito por emoção;

a falta de um planejamento financeiro. A maioria das mulheres não faz uso de planilhas orçamentárias, nem mesmo anota seus gastos mensais para bater entrada e retirada. Dessa forma, não tem a menor ideia do quanto e como gasta seu dinheiro no mês. Além disso, mulheres costumam não planejar o futuro ou uma compra maior, apenas observam se a prestação cabe na renda mensal;

a falta de uma divisão igualitária de despesas no caso de mulheres casadas ou que moram com seus parceiros. A falta de um planejamento e uma parceria entre o casal com relação a despesas e investimentos.

As mulheres precisam aprender muito ainda sobre sua forma de consumo e a maneira como lida com o próprio dinheiro. Principalmente, na sociedade atual, onde uma grande parte delas é arrimo de família, muitas vezes a maior ou única renda da casa.

Eu também estou nesse caminho de aprendizagem. Uma coisa que posso dizer para vocês é que façam sua planilha de gastos mensais. Anotem seus gastos diários em uma agenda ou celular, pois são os pequenos gastos que levam as mulheres ao endividamento. Cortem tudo que seja supérfluo de sua renda mensal. Não se sintam culpadas por não atender à toda e qualquer demanda de seus filhos. Pensem no seu futuro. Tentem fazer uma poupança (ainda não consegui, mas chegarei lá). Se estiverem com dificuldades para lidar com seus gastos e sua renda, procurem profissionais para ajudá-las como consultores financeiros ou, dependendo do caso, até psicólogos.

Leiam outros artigos para completar as informações: aqui, aqui, aqui.

Fotos: reprodução.