• Porto Seguro com crianças!

Olá Queridas!

Hoje vou contar para vocês sobre meu acidente usando sandália plataforma, o qual postei outro dia na minha página pessoal do Facebook.

IMG_4741 (1)

No primeiro dia do último curso de maquiagem profissional que ministrei aqui em BH, montei um look bem confortável e arrumadinho composto de calça jeans, blusa de viscose, colete de crepe e sandálias plataforma. Essas sandálias são super confortáveis, já que a curvatura superior não é muito grande, apesar da altura do salto. Eu já havia usado as mesmas no SPFW (aqui) em 2013 e tinha dado tudo certo (meda!).

sandália_plataforma_IMG_8128

Eu já virei o pé algumas vezes com sandália plataforma, por isso evito de comprá-las, mas como essa tinha um salto diferenciado achei que não haveria problemas. Mesmo assim, evito de usá-la quando tenho que andar a pé pelas ruas da cidade, pois basta uma pequena pedra ou leve desnível no piso para se virar o pé. Como no dia em questão eu iria dar um curso em ambiente fechado, achei que não haveria problemas e calcei minha sandália achando que estava arrasando.

sandália_plataforma_look do dia SPFW desfile apartamento 03 16

Pois bem, cheguei no local do curso e desci do carro. Dei 2 passos em direção ao porta-malas e quando estava na lateral traseira do carro, pisei num pedregulho e torci o pé esquerdo. Como sou PHD em tombos e torções, tirei o peso da perna esquerda e joguei na direita. Mas, o local onde virei o pé era um buraco no asfalto cheio de pedrinhas, então…

Virei o pé direito.
Joguei o peso na perna esquerda de novo.
Virei o pé esquerdo .
Virei o pé direito!
Virei o esquerdo!
Virei o direito!
Virei o esquerdo!
O direito!
O esquerdo!
O direito!

Depois de virar cada um dos pés 5 vezes, cansei daquela palhaçada e soltei o corpo.
Bati a bunda no chão.

Depois disso passei 7:30 horas em pé dando curso para minha aluna. Claro que tirei a sandália imediatamente fiquei de chinelo. Meus pés doeram muito nas primeiras horas, mas depois a dor foi passando. Aparentemente não incharam, não apareceram hematomas.

Quando cheguei em casa à noite que sentei no sofá e o corpo esfriou , senti dores do fio do cabelo a ponta da unha do dedão do pé. Eram dores musculares, pois na tentativa de ficar em pé, forcei todo meu corpo.

Tomei um relaxante muscular e mais tarde um anti-inflamatório. Graças ao Senhor, no dia seguinte, não tinha nada além de dores leves.

Uma coisa que me chamou a atenção foi o tanto de mulheres que comentaram no meu post do face sobre suas torções com esse modelo de sapato que deve ter sido desenhado por alguém que odeia as mulheres. hehehe

Depois dessa, tenho certeza que: Plataforma nunca mais! Só não sei o que fazer com minha sandália linda! Acho que vai para o bazar.

modelos-caindo-15

Fotos: Alessandra Faria.