• Confira!

Olá Queridas!

Com a minha mudança para nosso novo apartamento tive que fazer uma boa organização do guarda roupa e aproveitei para fazer o inventário, coisa que nunca havia feito antes.

DSC_0549

Nosso antigo apartamento foi comprado na planta, pensando-se numa família de 3 pessoas: eu, meu marido e nossa filha mais velha. Na época, não vislumbrávamos a possibilidade de ter outro(s) filho(s). Mas, a vida gosta de nos pregar peças e quando o apartamento ficou pronto, já éramos 5, pois tive 2 filhos no espaço de 2 anos. Loucura, né?

No começo o apartamento nos atendia, mas a medida que as crianças foram crescendo o espaço ficou muito pequeno para nós e, para meu acervo fashion. hehehe

Pois bem, nos mudamos para um apartamento que é o dobro de tamanho do outro, com isso o espaço dos armários também é maior. Claro que tive que usar um pouco do espaço das crianças, mas pude fazer uma boa organização do guarda roupa e inventário de minhas peças.

Como minhas roupas ficavam muito mal alocadas no outro apto, eu não tinha ideia exata de quantas e quais peças eu posuía. Meus sapatos ficavam amontoados e eu acabava sempre usando os mesmos pares, aqueles que estavam mais à frente.

Agora, todas as minhas peças estão organizadas e, o mais importante: visíveis e acessíveis. Ainda faltam alguns detalhes como a padronização de cabides de boa qualidade (o que não é barato, portanto vai demorar um pouco). Mas, já está bem melhor.

DSC_0554

Separei da seguinte forma: blusas e camisas, calças e saias, blazers e casacos, vestidos separados em um nicho próprio. Os sapatos (e bolsas), meus queridinhos, tem um “condomínio” só para eles, pois criei uma sapateira num espaço perdido do corredor.

DSC_0545

Com o inventário descobri que tenho 31 vestidos, incluindo alguns poucos de festa, 30 camisas, 33 blusas de tecido, 34 calças (incluindo jeans), 12 saias, 82 pares de sapatos e 23 bolsas (incluindo carteiras). Nem é um acervo tão grande assim, mas que contém muito mais peças que o necessário e o mais importante, tem todas as peças de um guarda roupa básico. Com este acervo é possível montar uma infinidade de looks. Fazendo uma conta muito por alto, posso montar um look diferente por dia durante um ano, no mínimo. Isso sem levar em conta as camisetas de malha e acessórios.

Cheguei à conclusão de que não preciso de nenhuma peça a mais no meu guarda roupa (nem cabe). Mas, se eu quiser uma ou outra novidade da estação, posso ver no armário qual a melhor opção para investir meu suado dinheiro.

DSC_0556

O objetivo deste post é mostrar para vocês o quanto é importante fazer a organização do guarda roupa e o inventário do mesmo para que se tenha mais opções na hora de montar os looks, assim como maior criatividade e facilidade ao escolher as roupas.

Bora, lá!!!! Vamos trabalhar? Comece retirando tudo que tem no armário, separe o que não usa há mais de um ano e fazendo uma limpeza do espaço, veja aqui. Depois faça o inventário e veja se tem um guarda roupa básico completo. Tenho artigo sobre isso aqui.
Se for preciso adquirir algo faça uma lista do que está faltando quando deseja gastar com cada peça, assim você fará uma compra inteligente!