• Cuidados no carnaval!

Olá Queridas!

Hoje vou falar sobre um assunto que sempre gera dúvidas entres as futuras e as recentes mamães: quanto tempo leva para se recuperar o corpo após o parto.

recuperação do corpo após o parto

Sempre que escrevo artigos sobre assuntos mais complexos costumo pesquisar em fontes confiáveis ou científicas para embasar meu texto. Hoje vou fazer diferente, vou falar da minha experiência. Pois, depois de 3 partos, acho que tenho alguma coisa a passar.

A gravidez é um momento único na vida de uma mulher. É um momento de mudanças hormonais, corporais que afetam diretamente nosso humor, nossos sentimentos e nosso emocional.

Durante toda a gravidez passamos por um verdadeiro turbilhão hormonal, sofremos picos e baixas de hormônios altíssimos e num espaço de tempo muito curto. Todos nossos órgãos mudam de lugar na medida que o bebê desenvolve no ventre. Nossos sentidos se alteram, ficando mais sensíveis. As necessidades de nosso organismo nem sempre são atendidas, pois boa parte de tudo que ingerimos vai para o bebê.

Cada gravidez é única. Nas minhas 3 gestações passei por experiências completamente diferentes. Poucos foram os sintomas que se repetiram.

A minha primeira gravidez ocorreu entre meus 30/31 anos. Enjoei horrores. Tive depressão profunda nos primeiros 4 meses que foi acentuada com uso de remédios para enjoo.

Comecei a engordar somente no quinto mês, quando peguei 4,5 kg. O engraçado é que eu não tinha mais fome que o normal, comia o mesmo tanto que antes e engordava muito. Levava bronca do meu médico e eu falava com ele que a culpa não era minha e que, só de respirar fundo eu pegava alguns gr a mais. Meu cabelo ficou lindo, minha pele se encheu de espinhas (eu que nunca tive, fiquei arrasada!). No final engordei 17 kg.

Depois do parto não consegui emagrecer mesmo amamentando minha filha até 1a3m. Sentia muita fome e comia muito. Meu cabelo caiu bastante depois que parei de amamentar, minha pele voltou ao normal, meus dentes não tiveram problemas, meus seios (que já eram enormes) aumentaram um número, meu quadril abriu (isso eu gostei, pois tenho quadril estreito) e minhas pernas engrossaram um pouco.

3 anos após o parto me submeti a uma lipo na barriga e uma redução de mama que me deixaram com o corpinho muito bom e a auto estima lá em cima.

8 anos depois fiquei grávida do meu segundo filho (38/39anos). Nesta gravidez tive pouco enjoo, muuuuuito apetite (em todos os sentidos), tinha muita tonteira e desfalecia com facilidade. Fiquei enorme, com 20 kg a mais no final. Durante toda a gravidez, meu cabelo e minha pele ficaram normais. Foi uma gravidez tranquila. Fiz laqueadura de trompas no momento do parto.

Depois do parto consegui amamentar apenas 6m, talvez devido à redução de mama que havia feito. Meu cabelo caiu muito e nasceu um outro horrível no lugar. Tive uma cárie e perdi algumas obturações, nada alarmante, já que o bebê nos rouba todo cálcio.

Perdi apenas 10 kg dos 20kg. 8 meses após o parto eu ainda tinha uma barriga de grávida que me fazia passar vergonha porque as pessoas cediam lugar para mim em filas e outros.

Procurei ajuda e descobri que estava com uma diastase (separação dos músculos retos abdominais, falarei mais sobre isto em outro post) tão grande e uma hérnia de umbigo que teria que passar por uma cirurgia, mas não antes de perder os outros 10 kg que me restaram. Procurei nutricionista e um personal e em 8 meses perdi 11 kg. Fiz a cirurgia acompanhada de uma abdominoplastia e fiquei muito satisfeita.

corpo após o parto
Esta é minha barriga 3 dias antes de eu dar à luz ao meu segundo filho. 20 kg a mais, inchada e manchada. Mas, feliz!

Fiquei grávida da minha terceira filha (linda!) 43 dias depois minha cirurgia. Foi um dos maiores sustos da minha vida! Como eu poderia estar grávida aos 40 anos, laqueada e após ser submetida a uma cirurgia tão grande? Como o meu corpo poderia ter nutrientes suficientes para gerar um bebê saudável? Como eu poderia ter um bebê, se eu já tinha um em casa com 1a3m???

Meu mundo caiu, literalmente! A primeira coisa que fiz foi ligar para meu cirurgião e perguntar para ele os riscos reais desta gravidez. Ele me acalmou e disse que era compatível e até comum gravidez depois de cirurgias plásticas. Depois liguei para meu GO para relatar o ocorrido e saber quais as probabilidades de problemas com o bebê. Minha gravidez, apesar de ter sido de risco 2, foi bem tranquila. Quase não tive enjoos, pouco mal estar. Lembro-me apenas de sentir um calor insuportável e de ter tido muita falta de ar e arritmia cardíaca, que passaram logo após o parto. Minha pele ficou normal e meu cabelo que estava ruim, continuou da mesma forma.

Durante toda a gravidez continuei com meu personal e minha nutricionista. Engordei somente 9 kg (vitória) e saí do parto com a barriga chapada, lisa e linda! As cicatrizes da cirurgia ficaram escuras e um pouco largas e a da cesárea deu um queloide bem grande (nunca havia me acontecido antes).

Depois deste último parto, meu cabelo caiu muito e nasceu no lugar um cabelo pior, sem vida, grosso, seco, crespo, morto! Fui a vários profissionais e tentei vários produtos, mas nada ajudou em sua melhora. O diagnóstico: falta de nutrientes. Meus dentes TODOS sofreram cárie e todas minhas obturações estavam com infiltração. Demorei um ano para emagrecer os kg que ganhei.

Agora, minha filha está com 2 anos e 2 meses, meu cabelo está começando a se recuperar, já tem um pouco de brilho e sua textura está mais próxima à que era antes. Estou fazendo um mega tratamento dentário. Fiz alguns exames costumeiros e estou com falta de algumas vitaminas, principalmente a D.

Resumo da história:

– um organismo após uma gravidez, jamais volta a ser o que era antes, pois algumas mudanças são para sempre como o quadril que abre um pouco, as pernas e/ou seios ficam maiores;

– cada gravidez gera mudanças diferentes ao corpo;

– o corpo após o parto leva de 1 a 2 anos para se recuperar totalmente;

– quanto mais idade tiver a mãe e/ou quanto mais próxima uma gravidez da outra, mais tempo o organismo precisa para se recuperar;

– é fundamental fazer o pré natal com um GO, fazer exercícios físicos e acompanhamento com nutricionista durante a gravidez, isso faz toda a diferença no pós parto.

Se você gostou do artigo, veja outros sobre moda gestante (aqui) e produtos para bebês (aqui).

Deixe sua experiência ou dúvida nos comentários, adoraria saber sua história.

Fotos: reprodução.

19 Replies to “Quanto tempo leva para se recuperar o corpo após o parto?”

  1. "Minha pele ficou normal e meu cabelo que estava ruim, continuou da mesma forma." Gente!!! Eu acordei a vizinhanca inteira com a gargalhada que eu dei! kkkk Amei seu texto! Um beijo!

  2. NOSSA ADOREI SEU TEXTO, ACHO QUE ESTOU PASSANDO POR ISSO POIS FIZ UMA LIGADURA DE TROMPAS A 5ANOS MAIS ESTOU COM SUSPEITA DE ESTAR GRAVIDA ADORO TUDO O QUE EU QUERIA..

  3. Adorei o seu texto Alê!!E concordo como uma gravidez é diferente uma da outra. Não tenho enjoos da mesma forma, mas a azia me persegue. Nessa segunda gravidez meu cabelo está grosso, sem vida, e estou com pequenas acnes na região de testa. O que tento controlar com limpeza de pele, e sabonete de argila. Espero que o meu corpo volte logo como na primeira gravidez,rs. Mas ninguém sabe!!!Continuo no pilates desde a primeira gravidez e alimentação saudável. Você e seus bbs estão lindos.Parabéns

    1. Que bom que gostou, Cintia!
      Felicidades para vc e o novo bb!
      Como você já sabe o que fazer para se cuidar, vai dar tudo certo.
      Na terceira gravidez que eu contratei personal e nutricionista, engordei só 9 kg e voltei rapidinho.
      Bjos

  4. Olá Alessandra tenho 38 anos e meu bebê tem dois anos e meio, a minha barriga está como como você se referiu a tua, grande e com hérnia no umbigo. Por favor me indique o especialista que te ajudou. Bj e parabéns pelo Blog é muito bom. Bj

    1. Olá Rosana.
      Foi o Dr. Marcus Vinícius Mafra. Ele é cirurgião plástico e atende pela Unimed. A diastase e a hérnia de umbigo são pagas pelo plano de saúde, pois não são cirurgias estéticas.
      bjos e volte sempre.

  5. nossa, sua historia é linda,e muito parecida com a minha..
    pois engravidei nos dias que antecediam a minha Lipoescultura e implantação de protese de mamas… e quando eu soube quase enlouqueci, mas Graças a Deus meu Filho Samuel é super saudavel e tive uma gravidez tranquila.

    1. Nossa Rosângela! Na hora é um baque, né? Mas, depois tudo se ajeita e Deus sabe mesmo o que é melhor para nós! Minha Juju é muito parecida comigo. Falo que ela é meu último pedacinho que faltava.
      Bjos

  6. olá Alessandra ! Gostei muito de ler seu artigo pois estou me torturando ao me olhar no espelho. Tive meu 1º filho aos 31 anos, não engordei muito, meus cabelos, minha pele e minhas unhas ficaram lindas só que após 1 ano e 6 meses acabei tendo uma gravidez não planejada. A principio foi horrível pois eu não aceitava o ocorrido. Devido a rejeição comecei a fazer meu pré- natal somente com 6 meses de gravidez. Hoje meu 2º filho está com 1 ano e meio, mais eu engordei 12 kg e não consigo perder, minha barriga ainda esta grande e eu estou com uma dilatação perto do meu umbigo que parece uma bola isso esta me incomodando muito. Mas depois de ler sua história percebi que posso melhorar minha aparência. Obrigada!

    1. Que bom que meu texto te ajudou de alguma forma Kátia.
      Procure seu médico, vc pode estar com diastase e hérnia de umbigo.
      Bjos e volte sempre!

  7. interessante, vc relatou exatamente o que esta acontecendo comigo, tbm pssei por uma abdomino plastia,uma laqueadura e engravidei, aos 41 anos levei um susto mas graças a Deus o bebê é super saudável, a gravidez foi muito tranquila, porém agora estou com 10 kg a mais do meu peso e nao posso fazer regime pois amamento.ele esta com 4 meses e eu estou com meu cabelo grosso sem vida e tbm estou passando por praticamente todos os efeitos que vc relatou, me senti compreendida lendo seu texto, pois quando a gente fala quem nao passou nao entende. obrigada por contar tudo isso. Me ajudou a entender esse momento pelo qual estou passando. grande abraço.~

    1. Que ótimo que pude te ajudar de alguma forma Neuci.
      Tudo de bom para você e seu bebê!
      Bjos

Comments are closed.